Brasão

Câmara de Vereadores
de Santo Ângelo

Câmara de Vereadores de Santo Ângelo.
Sexta, 27 de novembro de 2015

Vereadores acompanham obras no Bairro Garibaldi Carrera Machado

 

Está em pleno andamento os trabalhos de recuperação de vias públicas situadas no bairro Garibaldi Carrera Machado (antigo bairro Indúbras). A informação foi proferida pelos os vereadores Everaldo de Oliveira (PDT) e Vinícius Makvitz (PMDB), que estiveram, nesta semana, vistoriando o andamento das obras.

Conforme informaram os edis, a fase de reestruturação dos passeios públicos, assim como a preparação das ruas para a colocação da malha asfáltica está perto de ser concluída. No total, 16 quadras sofrem melhorias.  

“Acompanhamos o andamento dos serviços desde o início. É muito gratificante ver o progresso dos trabalhos, principalmente quando pensamos nos benefícios que isso irá proporcionar para a comunidade. Uma boa infraestrutura pública colabora em vários aspectos para uma melhor qualidade de vida da população”, reiterou Makvitz

As obras fazem parte do Programa Federal PAC 2 – Pavimentação e Qualificação de Vias Urbanas, que nesta fase também contempla os bairros João Goulart, Nova, Radins e Rosa.  A expectativa, é que nos próximos dias já tenha início o processo de aplicação da malha asfáltica.

“É grande a expectativa da comunidade pela conclusão dos serviços. Essa é uma solicitação antiga que, graças a articulação da administração passada, está se tornando realidade. Da mesma forma, estaremos acompanhando o andamento das obras junto aos demais bairros contemplados”, finalizou o vereador Everaldo de Oliveira.

 

15 de setembro de 2017
A reunião, solicitada pelo vereador Vinícius Makvitz, acontece na próxima terça-feira, dia 19, às 15 horas, na sede da Câmara de Vereadores.
14 de setembro de 2017
Conforme informou o Presidente da Câmara, a reunião teve como objetivo renegociar convênios, conquistar novos incentivos financeiros e, ainda, buscar apoio para incrementar serviços junto ao Hospital.
13 de setembro de 2017
Loureiro questiona quais obrigações que o contrato em vigência estabelece para a concessionária e se há previsão de ampliação das linhas junto aos bairros do município