Quarta, 08 de janeiro de 2014
Projeto de retirada de árvores da Venâncio Aires não passou pela Câmara de Vereadores

Motivado pela polêmica que dividiu opiniões no município, obra executada e coordenada pela prefeitura sobre a retirada de mais de 50 árvores da espécie ligustro - Ligustrum Lucidum, e mais dois pés de butiazeiro do canteiro central da Avenida Venâncio Aires, o Poder Legislativo liderados pelo presidente Diomar Formenton realizou nesta quarta-feira, 8, uma audiência pública convocando entidades representativas entre elas, o presidente do Conselho Municipal de Meio Ambiente-CONDEMA Álvaro Ugggeri, a Ordem dos Advogados do Brasil-OAB local representada por Setembrina Machado, Conselho Municipal de Turismo Romaldo Melher e por parte do Poder Executivo não teve representante na audiência.

Segundo Diomar , “O projeto não passou pela Câmara de Vereadores, nenhum momento houve discussão com a comunidade e lamentável por parte do executivo não fazer um diálogo maior para tratar deste assunto, como vamos fazer o papel de fiscalização que é o nosso dever de legislador se não conhecemos o projeto, somos cobrados por muitas pessoas diariamente e faltou sensibilidade por parte da prefeitura em participar desta audiência pública para explicar com detalhes para nós edis e a população que se fez presente neste encontro, finalizou.

ENCAMINHAMENTOS

No final do encontro foi concluído, que será encaminhada um requerimento ao Executivo municipal para que se apresente ao Legislativo o projeto físico e financeiro em 48 horas das obras que serão realizadas na Avenida Venâncio Aires, para o CONDEMA será solicitado que não aprove mais projetos que envolva diversas árvores e ainda realize uma assembléia em breve avaliando o projeto mais a fundo e ainda será encaminhado

documento ao Ministério Público Estadual a suspensão do projeto, pois não teve discussão com a população que reside naquela avenida, e o risco de perigo é eminente, pois existe dois postos de combustíveis nas proximidades.

Participaram da audiência pública ainda os parlamentares, Jacques Barbosa, André Marques, Vando Ribeiro, José Martins e Gilberto Corazza, além de empresários, moradores, alunos e professores que lotaram o Plenário da Câmara de Vereadores.

OUTRAS NOTÍCIAS
27 de setembro de 2022
FEAAGRI Missões divulga relatório de beneficiados pelo subsídio de estandes
15 de setembro de 2022
Projeto de Lei regulamenta Previdência Complementar em Santo Ângelo
14 de setembro de 2022
Solenidade marca o início do mutirão de atendimento da Defensoria Pública
13 de setembro de 2022
Você sabia que existe um espaço junto a Câmara de Vereadores para atendimento aos assuntos relacionados a violência contra a mulher?
11 de setembro de 2022
Projeto de Lei permite aos açougues e similares a manipulação de carnes em Santo Ângelo