Brasão

Câmara de Vereadores
de Santo Ângelo

Câmara de Vereadores de Santo Ângelo.

Quinta, 11 de julho de 2019

Líderes da Mesa Diretora realizam recadastramento biométrico

O Chefe do Poder Legislativo da Capital das Missões, Maurício Loureiro (PDT), e o vice-presidente da Casa, Vinícius Makvitz (MDB), compareceram ao Cartório da da 45ª Zona Eleitoral, com sede em Santo Ângelo, na tarde de quarta-feira, 10, para fazer o recadastramento biométrico do Título de Eleitor.

Loureiro lembra que, além de ser obrigatório para todos os eleitores santo-angelenses, é uma maneira de garantir o exercício da cidadania por meio do voto. “A voz da população é ouvida por meio de suas escolhas e do processo democrático que ocorre nas urnas, por isso, precisamos realizar o procedimento o quanto antes, tendo consciência de que a biometria é necessária para participar do pleito eleitoral ano que vem”.

A Chefe do Cartório Marivani Gehn Gonçalves Medeiros, explicou à Loureiro e Makvitz, que quem não fizer o procedimento, poderá ter seu título cancelado. “O prazo se encerra em 11 de março de 2020, mas a procura está muito baixa, a média é de 35 eleitores por tarde”, contou.

Marivani ainda ressaltou que o número de recadastramentos na Capital das Missões chega a 53%, e aproximadamente 28 mil eleitores não realizaram o procedimento.

 

Biometria

O procedimento de recadastramento biométrico é rápido e gratuito. Consiste na coleta eletrônica das digitais e fotografia do eleitor, assim como na revisão dos dados cadastrais, e pode ser agendado pela internet.

Makvitz ressalta que o procedimento é importante, permite que o eleitor seja identificado por meio de suas impressões digitais, que são únicas, o que previne fraudes e torna as eleições mais seguras.  “Lembrando que o eleitor que não fizer o recadastramento ficará impedido de escolher seus representantes na próxima eleição”, destacou.

A Chefe do Cartório pede que a população busque o procedimento o quanto antes, evitando filas e garantindo o direito de votar nas próximas eleições.

Documentos necessários

A documentação necessária para o procedimento é um Documento de Identidade com foto (exceto passaporte); título de Eleitor (se possuir) e um comprovante de domicílio que comprove vínculo profissional, patrimonial ou comunitário (contas de água, luz ou telefone, notas fiscais ou envelopes de correspondências, cheques bancários que contenham o endereço, expedidos até três meses anteriores ao atendimento).

O Cartório Eleitoral atende das 12 às 19 horas, de segunda a sexta-feira, na Rua Duque de Caxias, 1151, e o telefone para contato e 3313-5888.

12 de julho de 2019
Cortes sugeridos pelo presidente da Câmara, vereador Maurício Loureiro (PDT), e discutido com líderes, pode gerar uma economia de até R$ 400 mil por legislatura
09 de julho de 2019
O presidente da Câmara de Vereadores, Maurício Loureiro (PDT), requereu a concessão da Ordem a Zimmer, tendo em vista seus importantes estudos e pesquisas na área da saúde, especialmente sobre doenças neurológicas e a Doença de Alzheimer.