Quarta, 14 de agosto de 2019
Campeonato de Futebol Amador de 2019 é denominado Yago Silva de Lima

Em Sessão Ordinária realizada na última segunda-feira, 12, os vereadores aprovaram por unanimidade o Projeto de Lei que denomina Yago Silva de Lima, o campeonato de Futebol Amador de 2019, de Santo Ângelo.

O projeto, protocolado pelo vereador Márcio Antunes (Progressistas), e subscrito pelo presidente Maurício Loureiro (PDT), vice-presidente Vinícius Makvitz (MDB) e edil Felippe Terra Grass (PDT), presta uma homenagem ao atleta santo-angelense falecido recentemente.

De acordo com Antunes, a referência à Yago foi proposta tendo em vista a constante participação do atleta no campeonato, e pelo vasto círculo de amizade do jovem no meio esportivo. “A solicitação partiu de colegas de equipe de Yago, e de outros times participantes, como forma de reconhecer a contribuição e a dedicação dele ao esporte no município de Santo Ângelo”, esclareceu o vereador.

O jovem esportista passou pelos times Ponte Preta, Sul Box, COHAB e Nitrix, no futsal; e Sossega Leão, Ponte Preta, Guarani, Rincão dos Mendes, Santo Antônio, Lajeadense, e este ano defenderia a equipe da Buriti, no futebol de campo. O campeonato que levará o nome de Yago iniciará no dia 25 deste mês.

O homenageado

Yago Silva de Lima, 26 anos, era casado com Michele Gomes, e filho de Rosabel Amaral da Silva e Carlos Augusto Vieira de Lima. Residia com a família no Bairro Centro Sul e perdeu a vida no dia 27 de julho de 2019, vítima de violência. 

OUTRAS NOTÍCIAS
25 de maio de 2022
Legislativo aprova abertura de Crédito Especial de mais de 3,6 milhões de reais para a área da Saúde
24 de maio de 2022
Presidente do Legislativo participa de importantes reuniões na Casa Civil em Porto Alegre
24 de maio de 2022
Colégio Onofre Pires completa 98 anos de trabalho para a comunidade de Santo Ângelo
23 de maio de 2022
Em visita ao Legislativo, a Comissão das Margaridas convida para a tradicional Festa Junina
20 de maio de 2022
Prefeito Municipal sanciona Projeto de Lei que flexibiliza pagamento de dívidas tributárias