Sexta, 18 de junho de 2021
Vereadores Maurício Loureiro e Vando Ribeiro articulam municipalização da ERS-344 e construção de trevo na rodovia

A municipalização da ERS-344 em Santo  Ângelo, foi tema de reunião realizada entre os vereadores Maurício Loureiro e Vando Ribeiro e o Coordenador Regional do DAER-RS, Ricardo Klein Novroth. O encontro ocorreu em Santa Rosa, na tarde da última quinta-feira, 17.

Na oportunidade, os edis entregaram um ofício solicitando o DAER-RS informações sobre quais os próximos passos efetivos para municipalizar o trecho, além de verificar a possibilidade de construir um trevo definitivo na rodovia, no acesso ao Parque da Fenamilho.

Conforme Loureiro, a Lei municipal n°3.932, de 16 de dezembro de 2014, autoriza a Municipalização de trecho urbano da rodovia ERS 344, porém tem se verificado um impasse entre o departamento e o município. “Há uma dificuldade de se conseguir as autorizações para obras e aberturas de vias de acesso aos empresários que se instalaram ou pretendem se instalar naquele trecho. Precisamos dar celeridade para este processo, pois interfere diretamente no desenvolvimento local”, afirmou o vereador.

Com relação à realização do trevo, os vereadores questionaram Novroth sobre a possibilidade de o Estado providenciar ou ainda, a realização por intermédio de convênio com o município de Santo Ângelo. Para os vereadores, a demanda é muito importante, tendo em vista que a rodovia liga os municípios da região.

Vando ressaltou também que há alguns anos, foram colocadas “defensas de plástico” de forma improvisada para a formação de um trevo para acesso à Fenamilho, e é necessário que se realize obras definitivas no local. “Na época, a ideia foi a de tornar o fluxo de veículos mais seguro no local, porém o atual estado de conservação das “defensas”, e diante da real necessidade de definitividade do trevo, a reivindicação se faz necessária”, pontuou o vereador.

Conforme os edis, ao final da reunião, o coordenador regional do DAER-RS abriu um processo e se comprometeu em trabalhar para agilizar os recursos para realização das obras.