Sexta, 19 de março de 2021
Sessão Extraordinária é suspensa e feriado municipal é mantido

Em reunião realizada na manhã desta sexta-feira, 19, a Mesa Diretora da Câmara de Vereadores decidiu por cancelar a Sessão Extraordinária marcada para hoje às 18h15min, que votaria o Projeto de Lei do Poder Executivo que revogava o feriado municipal do Dia do Padroeiro, o tornando facultativo em Santo Ângelo.

De acordo com o presidente em exercício, Carlos Gonçalves (PRTB), a decisão se deu por conta da manifestação de vereadores, que questionaram a votação, considerando questões regimentais. O vereador Felippe Terra Grass (PDT) alertou ainda ontem para os prazos legais. Já o vereador Corazza apresentou um ofício à Mesa Diretora hoje pela manhã, embasando o cancelamento da sessão e a manutenção do feriado (em anexo).

O diretor administrativo da Câmara de Vereadores, Thiago Zimmermann, explicou que conforme o Regimento Interno, a matéria precisa tramitar durante sete dias internamente, após sua leitura em plenário, portanto o PL enviado pelo Executivo não está em condições de ser apreciado, deveria ter sido enviado com mais tempo.

Participaram da reunião, os vereadores Carlos Gonçalves (presidente em exercício), Marcos André (secretário) (PTB), Vando Ribeiro (MDB), Maurício Loureiro (PDT) e Rodrigo Flores (PDT), acompanhados do Diretor Administrativo Thiago Zimmermann. 

Desse modo, o feriado do Dia do Padroeiro e que celebra no próximo dia 22 de março os 148 anos de emancipação político-administrativa de Santo Ângelo, está mantido.