Quinta, 04 de agosto de 2022
Reunião define ações de melhorias para os pontos de táxi de Santo Ângelo

Há tempos que as categorias dos taxistas reivindicam diversas melhorias na infraestrutura de seus pontos, das quais várias já foram atendidas pelo Executivo. Na manhã desta quinta-feira (4), o Poder Legislativo promoveu uma reunião no plenário Juarez Alves Lemos, a fim de tratar sobre questionamentos e requerimentos dos taxistas. A iniciativa da reunião partiu através de um requerimento do vereador Nivaldo Langer (PP), destacando que o principal objetivo do encontro foi justamente direcionar ao Executivo as principais necessidades da categoria.Na reunião, a principal reivindicação dos profissionais foi relacionada à infraestrutura dos locais em que aguardam seus passageiros. Atualmente alguns pontos de táxis em Santo Ângelo possuem quiosque, que abrigam os profissionais enquanto aguardam suas corridas, já em outros pontos não possuem, necessitando que os taxistas aguardem em seus veículos, afirmam os representantes da categoria. Outra solicitação muito importante foi a implantação de banheiros, tendo em vista que os pontos de táxis atuais contemplados com quiosque, não possuem banheiros. Outros temas como o benefício que será distribuído pelo Governo Nacional aos taxistas e a circulação dos chamados táxis clandestinos também entraram para a pauta da reunião. Conforme fala do Vereador Nérison de Abreu (PRTB), destacou que profissionais deveriam ter a sua disposição o mínimo de comodidade, em seus pontos, sugerindo que sejam construídos um banheiro e um espaço para realizar um lanche, chimarrão ou similares, pois a carga horária de trabalho dos profissionais é alta e exige o mínimo de conforto, afirmou o vereador.A classe busca junto ao Executivo a padronização dos pontos, ou seja, um projeto que atenda às suas necessidades básicas e contemple todos os pontos de táxi da cidade. O requerente da reunião, Vereador Nivaldo Langer (PP), destaca que o Legislativo está empenhado em auxiliar a classe dos taxistas, buscando juntos, melhorias e benefícios para os profissionais do ramo.Representando o Executivo Municipal, o secretário de Governo e Relações Institucionais, Jânio Bones, fez um resgate das diversas ações feitas em favor do setor. Relembrou também, o projeto de lei aprovado pela câmara de vereadores, que se referia ao aumento da vida útil dos veículos, bem como, a eliminação da obrigatoriedade de cor para os veículos utilizados como táxi. O secretário da pasta, ainda fez questão de relembrar a importância dos profissionais do táxi para a cidade, desenvolvendo um importante papel na comunidade, responsáveis por transportar seus passageiros com segurança, na certeza que chegaram aos seus destinos seguros.Também ganhou espaço no debate, a operação ilegal dos chamados táxis clandestinos, carros não autorizados que atuam realizando corridas particulares sem as devidas autorizações, dos quais a classe solicitou intervenção mais severa por parte do Executivo. Segundo o taxista Pedro Ribeiro, Presidente do Sindicato da categoria, estima que há em operação, em Santo Ângelo, mais de 80 veículos sem autorização, e reconhece que a identificação e punição, desses motoristas ilegais, se torna difícil, porém pediu maior atenção aos responsáveis.Diante do amplo debate, o presidente do Legislativo, Vando Ribeiro, relembrou as recentes dificuldades enfrentadas pela classe, com a pandemia e com a chegada dos aplicativos de mobilidade urbana. Na qualidade de Presidente da Câmara de Vereadores, colocou o espaço à disposição dos profissionais para defenderem seus direitos. Atendendo as solicitações da categoria, nos próximos dias o Executivo realizará um levantamento das necessidades de todos os pontos de táxis da cidade, a fim viabilizar um estudo de padronização destes locais. No entanto, destaca que a viabilidade depende do local que o ponto de táxi está instalado, necessitando que o lugar tenha suporte para o esgoto e espaço suficiente para a estrutura a ser implantada, afirma José Carlos Ferraz, Secretário de Planejamento.Atendendo ao convite do Poder do Legislativo, estiveram presentes no encontro, além do requerente da reunião, os vereadores Vando Ribeiro, Presidente da Casa Legislativa, Simone Lunkes, Carlos Gonçalves e Nérison de Abreu. Também o secretário Governo e Relações Institucionais, Jânio Bones, que esteve representando o Executivo Municipal, José Carlos Ferraz, Secretário de Planejamento Urbano e Habitação, João Terra, Diretor da Secretaria de Governo, Gerson Fernandes, Diretor do Departamento Municipal de Trânsito, Pedro Ribeiro, Presidente do Sindicato Municipal dos Taxistas e profissionais da categoria.

 

 

 

OUTRAS NOTÍCIAS
10 de agosto de 2022
Agosto Lilás fortalece a luta contra a violência da mulher em Santo Ângelo
09 de agosto de 2022
Associação dos Supervisores de Educação do RS recebe homenagem da Câmara de Vereadores
08 de agosto de 2022
Músico Arnóbio Bilia recebe a Ordem da Cruz Missioneira
03 de agosto de 2022
Legislativo homenageia Colégio Teresa Verzeri pela passagem de seus 90 anos
03 de agosto de 2022
José Marques da Silva recebe título de Cidadão Honorário de Santo Ângelo