Segunda, 13 de junho de 2022
Empresário Flávio Panzenhagen recebe Ordem da Cruz Missioneira

O empresário que atua há 35 anos à frente do Cine Cisne em Santo Ângelo, Flávio Antônio Panzenhagen, recebeu a Ordem da Cruz Missioneira, mais alta honraria concedida aos cidadãos que se destacam em suas atividades, visando externar o reconhecimento do povo santo-angelense pelos relevantes serviços prestados à comunidade. A honraria ocorreu por meio de uma Sessão Solene, que aconteceu no Plenário Juarez Alves Lemos, na noite desta segunda-feira (13), através de um requerimento do vereador Rodrigo Flores (PDT), aprovado por unanimidade entre os vereadores.O empresário Flávio Panzenhagen mudou-se para Santo Ângelo ainda jovem, aos 20 anos de idade. Foi quando iniciou seu trabalho como gerente do Cine Cisne no ano de 1987, anos mais tarde, Flávio tomou a frente da empresa, tornando-se proprietário do cinema. O empresário relembra que quando ingressou na empresa havia 16 sócios e o cinema encontrava-se com muitos problemas, “algumas pessoas diziam que eu não ia conseguir”, afirma.Muito emocionado, Panzenhagen relembrou os momentos de alegria vivenciados com o cinema, e inevitavelmente lembrou das tantas lutas que travou evitando o fechamento do Cine Cisne. Flávio salientou as tantas vezes que precisou se reinventar, na era das locadoras, a chegada do videocassete, DVD e recentemente o streaming. Emocionou-se ao lembrar que durante a pandemia de Covid-19, tomou a decisão dolorosa do fechamento da empresa. Ainda em sua fala, ele agradeceu a todos que o ajudaram ao longo desses 35 anos à frente do Cisne, em especial à imprensa que foi fundamental na divulgação dos filmes em cartaz e também ao senhor Luiz Carlos Dutra - o Baixinho, seu funcionário há 33 anos. Também agradeceu à sua esposa Andressa Teche, que sempre esteve apoiando e trabalhando junto. Finalizou sua fala destacando que a história do Cine Cisne daria um filme cheio de drama, terror, comédia e muito suspense. Panzenhagen agradeceu muito a comunidade santo-angelense pelo apoio e carinho, e aos vereadores pela honraria da Ordem da Cruz Missioneira.O Cine Cisne foi fundado em 1958, entre os fundadores esteve seu avô, Carlos Panzenhagen, que transferiu seu encantamento pelo Cinema ao seu filho Hélio e neto Flávio. Recentemente o empresário anunciou a reabertura das portas do cinema, que atualmente conta com 3 amplas salas de vídeo, que disponibilizam filmes de alta qualidade, além da cafeteria do Cisne.O vereador Rodrigo Flores (PDT), requerente da homenagem, destacou em sua fala a importância do cinema, em especial do Cine Cisne, para Santo Ângelo, relembrando vários momentos vividos através do Cisne salientando as lutas do empresário diante dos 35 anos administrando a empresa. Para o vereador é uma honra estar entregando a Ordem da Cruz Missioneira ao empresário, que presta um serviço de extrema relevância social para a comunidade santo-angelense.

 

OUTRAS NOTÍCIAS
11 de agosto de 2022
Legislativo prestigia a abertura do 13º Canto Missioneiro da Música Nativista
10 de agosto de 2022
Agosto Lilás fortalece a luta contra a violência da mulher em Santo Ângelo
09 de agosto de 2022
Associação dos Supervisores de Educação do RS recebe homenagem da Câmara de Vereadores
08 de agosto de 2022
Músico Arnóbio Bilia recebe a Ordem da Cruz Missioneira
04 de agosto de 2022
Reunião define ações de melhorias para os pontos de táxi de Santo Ângelo