Quarta, 06 de abril de 2022
Comitê de combate a dengue é retomado em Santo Ângelo.

 Representantes da a Secretaria Municipal de Saúde de Santo Ângelo, entidades civis e militares,  casas de saúde, instituições de ensino, juntamente com o Poder Legislativo na pessoa do Presidente Vando Ribeiro-MDB, e do Vereador Nivaldo Langer (Nêne) reuniram-se na manhã desta quinta-feira (7) no auditório da Secretaria de Saúd onde foi feito o anúncio da retomada do Comitê de Combate à Dengue. O tema central das discussões foi justamente a importância de unir esforços no combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, chikungunya,  zika vírus e até mesmo a febre amarela. Segundo a Secretaria Municipal da Saúde, os casos de dengue no Estado do Rio Grande Do sul são sazonais,  determinadas épocas do ano, com incidências  de períodos chuvosos agravados pelo calor favorecem a proliferação do mosquito transmissor da Dengue, ainda segundo a Secretaria, a preocupação geral da comunidade em relação à pandemia de COVID-19, fez com que as pessoas desviassem o foco em relação a doença, deixando assim de tomar certos cuidados que são essenciais para que não haja infestação do mosquito transmissor. O Secretário Municipal de Saúde, Dr. Flávio Christensen, destaca que o trabalho de eliminação de focos de larvas do Aedes aegypti está sendo feito pelos agentes de combate a dengue, juntamente com o uso do fumacê, nos bairros da cidade para eliminação do mosquito  ." Todos os cuidados em relação ao acúmulo da água parada, limpeza de pátios residenciais devem ser tomados principalmente nesta época do ano onde os períodos de calor e chuvas se intensificam. A dengue é uma doença perigosa, que não deve ser subestimada, algumas variantes como a dengue Hemorrágica por exemplo podem até mesmo levar a óbito" pontuou o Secretário.

  Ainda segundo a secretaria existe a necessidade urgente de  se intensificar os trabalhos de combate a dengue, devido ao aumentos de casos de pessoas infectadas no Município. Há registros de pessoas sendo contaminadas com dengue e COVID-19 concomitantemente.

 Para o chefe do Legislativo Vando Ribeiro, a retomada do Comitê de Combate a Dengue, se faz extremamente importante, segundo o edil, a união de esforços  de todas as entidades nos mais diversos setores da sociedade são cruciais para que se possa eliminar os focos do mosquito transmissor,  além de fazer um trabalho de conscientização em escolas e entidades. O presidente da casa Legislativa , se colocou inteiramente à disposição, no que for necessário, tanto na questão política quanto na divulgação de informações e esclarecimentos através dos canais de comunicação do Legislativo com a comunidade.

  No entanto, nunca é demais reforçar os cuidados que devem ser tomados principalmente nesta época do ano:

O que fazer para combater os focos do mosquito:

.Tampar os tonéis e caixas-d’água.

.Manter as calhas sempre limpas.

.Deixar garrafas sempre viradas com a boca para baixo.

.Manter lixeiras bem tampadas.

.Deixar ralos limpos e com aplicação de tela.

.Limpar semanalmente ou preencher pratos de vasos de plantas com areia.

.Limpar com escova ou bucha os potes de água para animais.

.Retirar água acumulada na área de serviço, atrás da máquina de lavar roupa. 

Ao apresentar sintomas, como: febre alta (39° a 40°C) de início repentino, que geralmente dura de 2 a 7 dias, acompanhada de dor de cabeça, dores no corpo e articulações, prostração, fraqueza, dor atrás dos olhos e erupções cutâneas, é importante procurar um serviço de saúde o mais breve possível. 

 

OUTRAS NOTÍCIAS
10 de agosto de 2022
Agosto Lilás fortalece a luta contra a violência da mulher em Santo Ângelo
09 de agosto de 2022
Associação dos Supervisores de Educação do RS recebe homenagem da Câmara de Vereadores
08 de agosto de 2022
Músico Arnóbio Bilia recebe a Ordem da Cruz Missioneira
04 de agosto de 2022
Reunião define ações de melhorias para os pontos de táxi de Santo Ângelo
03 de agosto de 2022
Legislativo homenageia Colégio Teresa Verzeri pela passagem de seus 90 anos