Quarta, 03 de agosto de 2022
Câmara de Vereadores participa da abertura oficial do agosto Lilás

Neste mês de agosto, completam 16 anos desde a criação da Lei 11.340, conhecida por Lei Maria da Penha. A data marcou um avanço significativo em defesa dos direitos das mulheres, mais do que isso, gerando maior equidade para o gênero e assegurando o exercício dos direitos Humanos, como o direito de liberdade de expressão. Foi somente a partir desta Lei, que as ações de prevenção e punição à violência física e mental começaram a ser aplicadas com maior rigor, garantindo às mulheres o gozo de seus direitos.Atualmente, devido ao amplo trabalho desenvolvido pela Coordenadoria Municipal da Mulher, Santo Ângelo é referência regional em ações de combate, enfrentamento e promoção dos diretos da mulher na região. O trabalho desenvolvido por meio da chamada Rede de Proteção da Mulher, que envolve diversas entidades das mais diferentes áreas, que atuam diretamente no acolhimento de mulheres vítimas de violência doméstica, vem se tornando espelho para aplicação em outras cidades Missioneiras como São Luiz Gonzaga.A abertura oficial da programação do agosto Lilás, ocorreu na manhã desta sexta-feira (5), no auditório do prédio 13 da URI Santo Ângelo. Conforme afirma a Coordenadora de Políticas Públicas pela Mulher e também vereadora, Jacqueline Possebom, o evento celebra os 16 anos da Lei Maria da Penha e promove ações de conscientização da violência física e psicológica contra mulher. A programação do evento foca na capacitação das profissionais que integram a Rede de Proteção à Mulher e na orientação das vítimas quanto aos locais de apoio e denúncia das agressões. A programação do agosto Lilás se estenderá até dia 31, com eventos de conscientização e orientação por todo o município. O objetivo é atender todas as localidades, inclusive o interior do município, que também receberão palestras e oficinas da Coordenadoria.O Poder Legislativo, através da vereadora Simone Lunkes (PDT), esteve prestigiando a abertura do evento, que reuniu diversas autoridades municipais e integrantes da rede de proteção. Para a psicóloga e vereadora, Simone Lunkes, que já esteve à frente da Coordenadoria de Políticas Públicas pelas Mulheres e atualmente, enquanto vereadora, trabalha pelos direitos das mulheres, afirma que o movimento é fundamental, pois assegura às mulheres vítimas de violências, o amparo e o cuidado necessário junto ao trabalho desenvolvido pela Coordenadoria Municipal da Mulher.A atuação no combate à violência contra a mulher inicia na orientação e conscientização da mulher e familiares, e vai até o acompanhamento da vítima, que denuncia e busca ajuda junto aos órgãos do município. Atualmente a rede de proteção possui colaboradores nas mais diversas áreas de atendimento. Conforme afirma a Coordenadora, Jacqueline Possebom, há um projeto em andamento, para construir um Centro Regional de Acolhimento à mulher que está sob aparo da medida protetiva. O projeto é uma iniciativa do governo municipal em parceria com a Associação dos Municípios das Missões, e deverá atender todos os municípios da região Missioneira, afirma.Estiveram presentes na solenidade de abertura, a vereadora Simone Lunkes, representando a Câmara Municipal de Veadores, Juliana Barbosa, primeira-dama e gestora da Central do Bem; Major Enízio da Silveira Vasconcelos, Comandante do 7º Regimento de Polícia Montada; Delegada Elaine Maria da Silva, da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher; Delegada Luciana Cunha, da Delegacia de Proteção da Criança e Adolescente e Jânio Bones, Secretário Municipal de Governo e Relações Institucionais.

 

 

 

Confira a programação dos próximos dias do agosto Lilás

 

Neste domingo (7), às 9 horas, a Praça Leônidas Ribas, será palco da Exposição Relatos de Violência Doméstica pela Coordenadoria da Mulher, Exposição Chega de Feminicídio, promovido pelo Coletivo Mulheres na Luta S A panfletagem da Patrulha Maria da Penha e Exposição de Trabalhos do Curso de Enfermagem da URI Santo Ângelo. No local, também ocorrerá o Dia D da Mulher, através da colaboração das Promotoras Legais Populares, Senac Santo Ângelo e César Rigo Cabeleireiro, promovendo e estimulando os cuidados pessoais das mulheres.

 

08/08-13h30-Maturidade Ativa SESC

16/08-14h-CRAS Sepé-Roda de Conversa com o Tema: Violência Contra Mulher. Palestrantes: Enfermeira Luciana Falk; ESF Sepé, Psicóloga Mara Nowaczyk

16/08-18h30-Programa Bom de Papo, RadioCom Podcast- Conselho Municipal da Mulher - CMM e Comunidade Trans

17/08-13h30-Rincão dos Meotti-Roda de Conversa, Coordenadoria da Mulher, Emater e Patrulha Maria da Penha

19/08-14h-Bairro Pippi, ESF CSU-Roda de Conversa CRAS CSU com o tema: Violência Contra Mulher com a enfermeira Diovana Wagner Bones

23/08-14h-Bairro Nova- Salão Paroquial-Roda de Conversa-Clube de Mães eConselho Municipal da Mulher - CMM

24/08-13h30-Comunidade Cristo Rei-Roda de Conversa-Coordenadoria da Mulher, Emater e Patrulha Maria da Penha

25/08-14h-Bairro Indubras - Núcleo Comunitário-Roda de Conversa- Clube de Mães e Conselho Municipal da Mulher - CMM

31/08-13h30-Distrito Sossego-Roda de Conversa-Coordenadoria da Mulher, Emater e Patrulha Maria da Penha

 

 

 

OUTRAS NOTÍCIAS
10 de agosto de 2022
Agosto Lilás fortalece a luta contra a violência da mulher em Santo Ângelo
09 de agosto de 2022
Associação dos Supervisores de Educação do RS recebe homenagem da Câmara de Vereadores
08 de agosto de 2022
Músico Arnóbio Bilia recebe a Ordem da Cruz Missioneira
04 de agosto de 2022
Reunião define ações de melhorias para os pontos de táxi de Santo Ângelo
03 de agosto de 2022
Legislativo homenageia Colégio Teresa Verzeri pela passagem de seus 90 anos