Terça, 19 de janeiro de 2021
Vereadores aprovam projeto de Lei que trará 5,2 milhões de economia para o município

Com uma pauta extensa para ser votada, os vereadores da Câmara Municipal de Santo Ângelo trabalharam na apreciação de um Projeto de Lei e inúmeros requerimentos e pedidos de informação na Sessão Ordinária dessa segunda-feira, 18.

Na ocasião foi aprovada o Projeto de Lei do Poder Executivo que dá continuidade à Reforma Administrativa, alterando o organograma de cargos e salários da administração municipal de Santo Ângelo.

A matéria foi aprovada por unanimidade pelos edis. O Chefe do Poder Legislativo santo-angelense, Nader Awad, pontuou que após reuniões com o Governo Municipal os vereadores avaliaram e entenderam a necessidade de que o projeto fosse aprovado. “Avaliamos que a proposta devia ser aprovada, considerando que trará economia sem perder a qualidade e a eficiência nos serviços prestados pelo município”, afirmou.

Awad lembrou que a Câmara de Vereadores realizou uma reunião com o prefeito e com o secretário municipal de Governo e Relações Institucionais, Hélio Costa, para que fosse apresentado aos vereadores o projeto. Na ocasião, Barbosa pontuou que a economia será de R$ 5,2 milhões em quatro anos, valor que poderá ser usado para investimentos na Capital das Missões.

O projeto aprovado extingue 34,74% das funções gratificadas (FGs), 15,45% dos cargos em comissão (CCs) e 26,67% das nomeações de agentes políticos (secretários).

OUTRAS NOTÍCIAS
22 de junho de 2022
Escola Presidente Getúlio Vargas está com inscrições abertas para cursos técnicos
22 de junho de 2022
Presidente do Legislativo São-borjense visita a câmara de Vereadores de Santo Ângelo
21 de junho de 2022
Clubes de Mães da comunidade do Rincão do Sossego realizam festa junina
20 de junho de 2022
Legislativo concede a Janira do Couto Mânica a Ordem da Cruz Missioneira
19 de junho de 2022
Santo Ângelo cede 5,4 hectares à Associação Indígena Tekoa Pyau