Brasão

Câmara de Vereadores
de Santo Ângelo

Câmara de Vereadores de Santo Ângelo.
Sexta-feira, 20 de maio de 2016

Vereadora Zilá entregará documento ao Secretário de Agricultura do Estado para que o exame que detecta o Mormo tenha validade de 180 dias

Criadores de equinos e representantes de entidades tradicionalistas estiveram reunidos, na Câmara de Vereadores de Santo Ângelo, a fim de definir medidas que resultem na ampliação da validade do exame que detecta o Mormo - doença infectocontagiosa que acomete cavalos.

A reunião atendeu solicitação da vereadora Zilá Andres, que abriu os trabalhos falando sobre as possibilidades de que o Estado siga o exemplo de Santa Catarina, que através da implementação de portaria alterou de 60 para 180 dias o prazo de validade do exame.

Atualmente, para que o criador de equino possa transportar seus animais e participar de eventos agropecuários, dentre os documentos necessários está o exame negativo para Mormo, o qual só vale por dois meses.

Conforme relataram os presentes, o curto prazo tem causado prejuízos, tanto na área econômica quanto na área cultural. A maior preocupação diz respeito à realização de eventos tradicionalistas. “Diversos municípios do Estado não realizaram o desfile Farroupilha. Precisamos encontrar uma maneira para que neste ano o cenário não seja o mesmo”, afirmou Edson Jardim, representante das entidades tradicionalistas.

O custo dos exames, a escassez de laboratórios autorizados e os impactos na economia local, também pautaram a reunião, que contou com a participação do Secretário Municipal de Agricultura, Vander da Rosa e dos vereadores Everaldo de Oliveira, Osvaldir Ribeiro de Souza – Vando, Marcos Mattos, e do suplente Tato Maicá.

Um ofício propondo que o prazo de validade dos exames passe a ser de seis meses será entregue ao Secretário da Agricultura Estadual, Ernani Polo, que estará na cidade na proximpróximaa semana, dia 26. Conforme acordado na reunião, o documento será composto por abaixo-assinado, evidenciando a necessidade de preservar os animais sem causar prejuízos ao meio tradicionalista.

25 de maio de 2017
Projeto “Tempresto” será inserido nas escolas estaduais e municipais de Santo Ângelo. De acordo com o Presidente da Câmara, Adolar Queiroz, iniciativa vai permitir que alunos tenham acesso a uma variedade maior de livros
25 de maio de 2017
Iniciativa é do vereador Rodrigo Trevisan e tem por objetivo ampliar o trabalho desenvolvido com os estudante portadores de deficiência ou de necessidades especiais.
23 de maio de 2017
Ações preveem maior inclusão e assistência aos portadores de Transtorno do Espectro do Autismo (TEA). Projeto é de autoria do Líder do Governo, vereador Mauricio Loureiro