Brasão

Câmara de Vereadores
de Santo Ângelo

Câmara de Vereadores de Santo Ângelo.
Segunda-feira, 13 de março de 2017

Vereador Rodrigo Trevisan sugere que duodécimo do Poder Legislativo seja destinado ao Fundo Municipal de Saúde.

O Poder Legislativo de Santo Ângelo encaminhou como sugestão ao Executivo Municipal matéria, de autoria do vereador Rodrigo Trevisan, que visa fazer com que todos os recursos economizados pela Câmara sejam depositados, obrigatoriamente, no Fundo Municipal de Saúde.

Segundo avaliou o vereador, a iniciativa vai colaborar com a gestão da área da saúde. O objetivo é que o valor repassado seja destinado para a compra de medicamentos e materiais, assim como para a realização de melhorias na infraestrutura das unidades de saúde e no atendimento à população.

“Sabemos das dificuldades em gerenciar a área. Todo o recurso destinado à saúde é bem-vindo. Acreditamos que essa seria uma forma de garantir um auxílio suplementar para o Fundo Municipal de Saúde, que terá a possibilidade de investir em materiais, medicamentos e em mecanismos que melhorem o atendimento à comunidade”, destacou o vereador.

Considerando a receita real do município, segundo o artigo 106 da Lei Orgânica de Santo Ângelo, a alíquota destinada à Câmara para prover suas despesas é de 4% do orçamento anual. Com as medidas voltadas à economia do erário público que a atual Mesa Diretora adotou, o vereador acredita que a cada ano poderá ser devolvido mais de R$ 500 mil aos cofres do Município.

 

25 de maio de 2017
Projeto “Tempresto” será inserido nas escolas estaduais e municipais de Santo Ângelo. De acordo com o Presidente da Câmara, Adolar Queiroz, iniciativa vai permitir que alunos tenham acesso a uma variedade maior de livros
25 de maio de 2017
Iniciativa é do vereador Rodrigo Trevisan e tem por objetivo ampliar o trabalho desenvolvido com os estudante portadores de deficiência ou de necessidades especiais.
23 de maio de 2017
Ações preveem maior inclusão e assistência aos portadores de Transtorno do Espectro do Autismo (TEA). Projeto é de autoria do Líder do Governo, vereador Mauricio Loureiro