Brasão

Câmara de Vereadores
de Santo Ângelo

Câmara de Vereadores de Santo Ângelo.
Quinta, 16 de março de 2017

TRANSPORTE ESCOLAR: Queiroz solicita agilidade ao Secretário Estadual de Educação

Em reunião na Secretaria Estadual de Educação, Adolar Queiroz, Presidente do Legislativo de Santo Ângelo, cobrou imediata solução para o caso dos alunos da rede estadual que atualmente estão sem transporte escolar.

O pedido foi feito pessoalmente ao Secretário Estadual, Luís Antônio Alcoba de Freitas e ao Diretor Geral da Secretaria, Júlio César de Oliveira Chaise. A informação repassada pelos representantes do Governo é de que até a próxima semana a situação deva estar resolvida, uma vez que o processo para a contratação de mais empresas já encontra-se em andamento.

Conforme explicou Queiroz, atualmente apenas cinco das nove empresas necessárias para atender a demanda local estão realizando o serviço. De acordo com a Secretaria Estadual, a demora para a assinatura dos contratos se dá por conta da análise minuciosa que está sendo realizada para a renovação dos convênios.

Atualmente, estima-se que na zona rural do município cerca de 500 alunos dependem do transporte escolar para frequentar as aulas da rede estadual. Com os atrasos, em média, 30% dos alunos estão sem o serviço.

“Reiteramos ao Secretário a necessidade de que o serviço seja normalizado imediatamente. Compreendemos a importância da análise dos contratos, mas houve tempo para isso. O fato é que as aulas já iniciaram e que alunos estão sofrendo prejuízos, o que não podemos permitir”, enfatizou o Presidente da Câmara, Adolar Queiroz. 

 

17 de outubro de 2017
Encontro foi solicitado pelos vereadores Vinícius Makvitz e Rodrigo Trevisan.
17 de outubro de 2017
Muito atuante, Moema participou da formação do Grupo da Pastoral da Criança do COHB e Bairro Neri Cavalheiro. Também fundou o Clube de Mães em sua comunidade, o qual, agora, levará seu nome.
13 de outubro de 2017
Comitiva também tratou sobre abertura da UPA, ampliação do aeroporto, doações de áreas federais e execução de programas sociais
13 de outubro de 2017
A proposta foi votada nesta semana pela Câmara e permite que qualquer entidade civil promova melhorias nos espaços culturais distribuídos pela cidade.