Brasão

Câmara de Vereadores
de Santo Ângelo

Câmara de Vereadores de Santo Ângelo.
Quinta, 09 de fevereiro de 2017

Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Santo Ângelo convida para o 7° GRITO DE ALERTA

O 7° Grito de Alerta acontece no dia 23 de fevereiro em Santa Rosa. A informação foi reiterada na manhã desta quinta-feira, dia 09, pelo Presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Santo Ângelo, Daniel Casarin e pelo vice-presidente Osvaldino Luca, que estiveram no Poder Legislativo a fim de convidar os parlamentares para participar do evento em apoio aos trabalhadores rurais.

Na ocasião, os sindicalistas foram recebidos pelo Chefe interino do Legislativo Municipal, Vando Nolasco e pelos vereadores Dionísio Faganello e Valdonei da Luz. Casarin explicou que a data do evento foi antecipada por conta do cenário frente a Reforma da Previdência, que, segundo ele, atinge fortemente a Agricultura Familiar.

De acordo com os dirigentes do Sindicato, este é um momento de preocupação, tendo em vista as alterações propostas pela PEC 287/2016, como a elevação da idade mínima da aposentadoria para 65 anos e a equiparação desta idade para homens e mulheres.

Conforme a FETAG/RS, realizadora do evento, o 7º Grito de Alerta tem estimativa de receber 10 mil agricultores familiares. O evento integra as regionais sindicais de Missões I e II, Santa Rosa, Três Passos e Ijuí. De sua parte, o Presidente em exercício informou que a Câmara enviará a Brasília Moção de repúdio à proposta, manifestando total apoio às reivindicações dos trabalhadores rurais.

15 de setembro de 2017
A reunião, solicitada pelo vereador Vinícius Makvitz, acontece na próxima terça-feira, dia 19, às 15 horas, na sede da Câmara de Vereadores.
14 de setembro de 2017
Conforme informou o Presidente da Câmara, a reunião teve como objetivo renegociar convênios, conquistar novos incentivos financeiros e, ainda, buscar apoio para incrementar serviços junto ao Hospital.
13 de setembro de 2017
Loureiro questiona quais obrigações que o contrato em vigência estabelece para a concessionária e se há previsão de ampliação das linhas junto aos bairros do município