Brasão

Câmara de Vereadores
de Santo Ângelo

Câmara de Vereadores de Santo Ângelo.

Terça, 27 de agosto de 2019

Sessão Especial alusiva à Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla é realizada na Casa Legislativa

Com o intuito de dar visibilidade à Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla, e valorizar o trabalho realizado pela Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) em Santo Ângelo, a Câmara de Vereadores promoveu uma Sessão Especial na noite dessa segunda-feira, 26.

Proposta pelo vereador Rodrigo Trevisan (Progressistas), a solenidade contou com a presença do secretário Municipal de Educação, Valdemir Roepke, representando o Poder Executivo de Santo Ângelo; o presidente da Apae Santo Ângelo, Jairo Fernandes da Silva, a gerente administrativa da Apae Santo Ângelo, Janira do Couto Mânica; e a professora e diretora da Escola de Educação Especial Raio de Sol, Ângela Rodrigues Colla de Almeida.

Trevisan, ao se manifestar representando a Casa Legislativa, enfatizou a importância da Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla, tendo em vista que o evento promove o debate e provoca reflexão na sociedade sobre inclusão, de modo que ela aconteça de fato, na prática, e combata o preconceito e a discriminação. “A inclusão não é um favor, nunca foi, é um direito. Em momentos como este, nós vemos o quão importante é as pessoas assumirem uma bandeira, e levar ela adiante. A luta é constante, e é para buscar oportunidades iguais”, destacou.

O vereador também falou que o tema deste ano, "Família e pessoa com deficiência, protagonistas na implementação das políticas públicas", da Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla, propicia à comunidade compreender melhor a importância da família e das pessoas com deficiência como agentes ativos na cobrança de mudanças e na implementação de projetos, para a construção da igualdade. “Temos que ser mais humanos. Quando nós conquistarmos a humanidade, nós estaremos quase completos no caminho da igualdade, e é uma busca diária”, ressaltou.

Discursando em nome da Apae, Janira lembrou que a associação está na Capital das Missões há 48 anos, e atende cerca de 300 usuários nas áreas de assistência social, saúde e educação. “As pessoas com deficiência e suas famílias compõem a Apae com o compromisso de lutar pelo avanço de políticas públicas, por meio das quais se instauram os direitos sociais e o acesso à formação cidadã. As famílias envolvidas, por sua vez, colherão os resultados na vida dos seus filhos”, afirmou

A gerente administrativa da Apae falou sobre a programação e atuação da Associação, para efetivar o protagonismo das pessoas com deficiência. “Vive-se outro momento na história das organizações sociais, em que os principais valores são as pessoas, sendo meta da rede Apae, na condição de autônoma, ser resiliente, e protagonista. São competências que se constroem e se complementam, podendo resultar no empoderamento desses sujeitos, para o enfrentamento das adversidades, da exclusão e da discriminação ainda tão evidentes na sociedade”, afirmou.

A Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla, ocorre em todas as Apaes do Brasil, anualmente. Em 2019 teve início no último dia 21, e segue até amanhã, 28.