Terça, 13 de junho de 2017
Santo Ângelo implantará Conselho de Proteção e Defesa dos Animais

Na sessão ordinária desta semana (12) os vereadores de Santo Ângelo aprovaram, por unanimidade, projeto de lei que dispõe sobre a criação do Conselho Municipal de Proteção e Defesa dos Animais. A matéria, protocolada pelo Executivo Municipal, atende sugestão do vereador Mauricio Loureiro, autor do projeto.

Conforme o texto aprovado, o Conselho terá como principais objetivos incentivar a guarda responsável dos animais, assim como, discutir, sugerir, propor e estabelecer diretrizes, prioridades e programas voltados ao bem-estar animal.

 “Além de ser uma questão humanitária, é tema de alta relevância, de saúde pública e meio ambiente”, afirmou o vereador Mauricio Loureiro ao explicar que o Conselho será um meio efetivo e legítimo para a implementação de programas que combatam maus tratos, incentivem a adoção consciente, previnam zoonoses e demais problemas ligados à saúde pública.

De acordo com o projeto, o órgão será presidido pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente e contará com membros das secretarias de saúde, agricultura e fazenda. Também irão compor o Conselho representantes da Câmara Municipal, de entidade voltada à proteção animal e da classe veterinária. Os membros do Conselho atuarão de forma voluntária, sem qualquer tipo de remuneração, benefício ou vantagem.

Com a aprovação unânime na Casa Legislativa, a expectativa é de que o projeto seja sancionado pelo Prefeito Municipal no decorrer desta semana.

ELABORAÇÃO DO PROJETO

A luta pela criação de um Conselho voltado à causa animal foi vastamente defendida pelo líder do Governo, vereador Mauricio Loureiro. Durante este primeiro semestre do ano, Loureiro foi o responsável pela realização de diversas reuniões envolvendo ONGs, Associações e Protetoras Independentes. Conforme explicou o edil, todos os encontros, debates e sugestões foram fundamentais para que o projeto fosse concretizado.  

“Esse projeto foi elaborado com a ajuda de muitas pessoas e se tornou uma realidade graças à sensibilidade​​ de todos os colegas vereadores e do Prefeito Jacques Barbosa, que​ prontamente acatou nossa sugestão. Agora consumado, cabe ao Conselho, em conjunto com o poder público, criar políticas públicas eficientes para melhorar as questões relacionadas à causa, a qual está carece de atenção e compromisso”, finalizou Loureiro.

 
 
OUTRAS NOTÍCIAS
10 de agosto de 2022
Agosto Lilás fortalece a luta contra a violência da mulher em Santo Ângelo
09 de agosto de 2022
Associação dos Supervisores de Educação do RS recebe homenagem da Câmara de Vereadores
08 de agosto de 2022
Músico Arnóbio Bilia recebe a Ordem da Cruz Missioneira
04 de agosto de 2022
Reunião define ações de melhorias para os pontos de táxi de Santo Ângelo
03 de agosto de 2022
Legislativo homenageia Colégio Teresa Verzeri pela passagem de seus 90 anos