Brasão

Câmara de Vereadores
de Santo Ângelo

Câmara de Vereadores de Santo Ângelo.

Terça, 22 de agosto de 2017

Santo Ângelo deverá estabelecer ações de prevenção à gravidez na adolescência

“É preocupante o número de adolescentes que se tornam mães de forma precoce em Santo Ângelo”, afirmou o vereador Rodrigo Trevisan ao defender o projeto de lei, de sua autoria, que institui a Semana Municipal de Orientação e Prevenção da Gravidez na Adolescência.

O teor do projeto foi debatido ontem, 21, durante sessão ordinária do Legislativo Municipal. Segundo Trevisan, a ideia é fazer com que o município promova, anualmente, sempre na terceira semana do mês de maio, ciclos de palestras e ações educativas envolvendo todos os estabelecimentos da Rede Pública de Educação e de Saúde.

Para justificar a iniciativa, o vereador apresentou dados da Secretaria Municipal de Saúde referentes ao percentual de adolescentes que se tornaram mães no município. Conforme ele, no ano passado, 11,7% do total das crianças nascidas no município são filhos de gestantes entre 13 e 18 anos. 

O mais preocupante, de acordo com o edil, é que não há expectativa de queda no índice, tendo em vista que de janeiro a junho deste ano, 11% dos nascidos vivos em Santo Ângelo são fruto de gestação precoce. “A faixa etária dessas mães é de 12 a 18 anos.  Essa é uma questão social, que merece total atenção. É preciso preservar essas crianças e adolescentes, e isso se faz com informação, educação e orientação”, acrescentou Trevisan.

EVASÃO ESCOLAR

O vereador fez questão de destacar, também, as sérias implicações biológicas, familiares, emocionais, econômicas e jurídico-sociais que a gravidez na adolescência pode causar.  A evasão escolar, assim como o preconceito, a iniciação sem o devido preparo no mercado de trabalho e o subemprego foram algumas das problemáticas também mencionadas pelo edil. “É um problema social e precisamos tratar com mais seriedade”, reiterou.

Conforme o texto, aprovado por unanimidade na Câmara, a implementação e aplicação das ações serão feitas pelo Poder Executivo, que poderá estabelecer convênios e parcerias com instituições públicas e privadas. Agora, o projeto segue para análise do Prefeito de Santo Ângelo, Jacques Barbosa. 

25 de junho de 2019
Sessão Especial foi proposta pelo presidente da Casa Legislativa, Dionísio Faganello (DEM)
24 de junho de 2019
Vereadores representaram a Casa Legislativa no ato de assinatura da Ordem de Serviço