Brasão

Câmara de Vereadores
de Santo Ângelo

Câmara de Vereadores de Santo Ângelo.
Terça, 03 de outubro de 2017

Reunião na Câmara debate andamento das obras da CORSAN no Município

Em reunião realizada na manhã desta terça-feira (03), na sede do Poder Legislativo de Santo Ângelo, vereadores buscaram esclarecimento quanto ao andamento e ao processo de realização das obras de ampliação e implantação de redes coletoras de esgoto realizadas pela CORSAN no município.

A reunião foi solicitada pelo vereador Pedro Waszkiewicz -  Pedrão e aprovada por unanimidade durante sessão ordinária do dia 25 de setembro. A motivação para o pedido, segundo informou o parlamentar, foram as reclamações referentes à demora para o reparo do pavimento danificado com as intervenções.

A qualidade do trabalho realizado na recuperação da malha asfáltica também foi questionada pelos vereadores, que destacaram pontos onde o asfalto recém recuperado já apresenta ondulações e buracos. “As obras são importantes, todos sabemos, mas precisamos encontrar uma maneira de reduzir os transtornos à população”, destacou Pedrão.

Em resposta aos questionamentos, o superintendente da CORSAN, João Corim, explicou que obras de esgotamento sanitário são demoradas e que, devido à profundidade da perfuração do solo, a camada asfáltica não pode ser aplicada de forma imediata, o que atrasa a conclusão do processo. Contudo, ele afirmou que diante das reclamações, a CORSAN estuda a possibilidade de firmar parceria com o Governo Municipal para que a equipe da prefeitura execute o serviço, visando, assim, melhorar a qualidade dos reparos na malha asfáltica.

LIGAÇÕES DAS CASAS À REDE COLETORA

De sua parte, a Promotora Paula Regina Mohr destacou a grandiosidade do projeto e a necessidade de informar e conscientizar a população. Segundo ela, o imenso esforço e os grandes investimentos para elevar o índice de atendimento de esgotamento sanitário serão sem resultados se a população não realizar as ligações das casas à rede coletora.  

Nesse sentido, a Corsan e o Ministério Público iniciaram a campanha “Ligue-se”. Além disso, está em andamento um projeto piloto no Rio Grande do Sul chamado “Cobrança pela Disponibilidade”. Quem mora onde existe rede de esgoto será notificado e terá que pagar mensalmente a taxa de tratamento, mesmo que não esteja ligado na rede.  Quem se ligar à rede terá descontos e até carência de taxas.

Atualmente, estima-se que apenas 20% da população usa a rede de esgoto em Santo Ângelo. Conforme o contrato assinado pela Corsan, a meta é que até o final de 2020 esse percentual suba para 51%. Corim confirmou que para as obras estão garantidos investimentos de 30 milhões de reais.

Finalizando a reunião, ficou acordado que a Corsan irá elaborar um relatório com todos os investimentos já realizados no município e com os valores repassados ao Fundo de Gestão Compartilhada para análise do Poder Legislativo.

PRESENÇAS

Na ocasião, os trabalhos foram conduzidos pelo presidente da Câmara, Adolar Queiroz e pelo proponente da reunião vereador Pedro Waszkiewicz. Também estiveram participando da reunião os vereadores Lucas Lima, Valdonei da Luz, Ademir Queiroz e Vinícius Makvitz, assim como a promotora Paula Regina Mohr, o secretário municipal de Obras, Diórlan Zanetti, Secretário Municipal do Meio Ambiente, Francisco Medeiros, o superintendente da CORSAN, João Corim e o gerente local da Corsan, Araken Maicá.

 

18 de outubro de 2017
Para o edil, um curso de formação na cidade faz com que os policiais fiquem na região, colaborando para o aumento do efetivo, movimento da economia e redução da criminalidade
18 de outubro de 2017
Presidente da Câmara articulou reunião com o Prefeito Jacques Barbosa e representantes da Comunidade Três Mártires.
17 de outubro de 2017
Encontro foi solicitado pelos vereadores Vinícius Makvitz e Rodrigo Trevisan.