Terça, 19 de janeiro de 2021

Protesto contra veto ao projeto que trata da causa animal é registrado em frente à Casa Legislativa

Por volta das 18 horas dessa segunda-feira, 18, quando iniciava-se o pinga-fogo da Câmara de Vereadores de Santo Ângelo, foi registrado um protesto em frente à Casa Legislava, pelo fim da tração animal.

Um buzinaço foi organizado após o Projeto de Lei de autoria do vereador Maurício Loureiro (PDT) ser aprovado e encaminhado para sanção do prefeito Jacques Barbosa. Por conter vício de origem, o Chefe do Executivo Municipal vetou a matéria e nesta segunda-feira, 18, enviou um novo texto para apreciação dos edis.

O presidente do Legislativo, Nader Awad (PSD), compareceu à manifestação, assim como os vereadores Felippe Terra Grass (PDT), Nanaco (PDT) e Márcio Antunes (MDB) e afirmou que os vereadores não medirão esforços pela causa e para que o fim da tração animal se torne uma realidade. Além disso, o Chefe da Mesa Diretora esclarece que o Poder Executivo enviou o veto ao projeto em questão pela inconstitucionalidade na semana passada, e que ontem foi protocolado outro Projeto de Lei que trata do assunto, porém o documento não poderia ser votado antes de ser analisado pela Comissão de Constituição e Justiça da Câmara e tramitar por pelo menos sete dias na Casa, prazo mínimo regimental.

Awad conta que já foi marcada uma reunião com a ONG Pé de Pano para dialogar sobre o projeto que foi enviado pelo prefeito Jacques Barbosa à Câmara de Vereadores.

Loureiro afirmou que a causa animal sempre foi uma das bandeiras que defendeu durante seu primeiro mandato, e que continuará lutando pelo fim da tração animal. Para o vereador, avançar nesse tipo de questão vai ao encontro da inovação a que se propõe o Governo de Jacques Barbosa. “Esse é um tema que vem, há muito tempo, sendo discutido, e precisamos que saia do papel e seja colocado em prática. Há alternativas e o Poder Público precisa fazer algo para mudar essa realidade”, ressaltou o vereador.

OUTRAS NOTÍCIAS
11 de fevereiro de 2021
O encontro foi proposto pela Comissão Especial de acompanhamento para o retorno da volta às aulas, e teve a participação do presidente da Casa Legislativa Nader Awad (PSD), dos edis Vando Ribeiro (MDB), Rodrigo Flores (PDT), Nivaldo Langer de Moura (NENE)