Brasão

Câmara de Vereadores
de Santo Ângelo

Câmara de Vereadores de Santo Ângelo.

Sexta, 16 de agosto de 2019

Projeto sobre inclusão de Libras no currículo escolar é encaminhado ao Executivo

Um projeto sugestão, de autoria do presidente da Casa Legislativa, Maurício Loureiro, da bancada do PTD, e encaminhado à Prefeitura de Santo Ângelo, visa a inclusão da Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) no currículo escolar municipal. A matéria foi apreciada na Sessão Ordinária do último dia 12, e seguiu para o Poder Executivo avaliar a viabilidade de execução.

Conforme Loureiro, a ideia é que a inclusão ocorra na prática  e que a sociedade esteja preparada para receber pessoas que se comunicam através da Libras. “Esse é mais um passo que na direção e no caminho da inclusão, e entendemos que é importante começar pela educação e pela base nas escolas”, afirmou.

O presidente do Poder Legislativo afirma que propôs o projeto, considerando que a Libras é a segunda língua oficial brasileira e é uma necessidade a comunidade estar apta a receber pessoas que conversam pr meio de sinais. “Não basta apenas proporcionarmos um tradutor de Libras para a comunidade surda que frequenta nossas escolas. Devemos possibilitar que a inclusão ocorra realmente, por meio da comunicação efetiva entre colegas em sala de aula, alunos e professores. Isso vai refletir positivamente na sociedade com um todo”, ressaltou Loureiro.

Para a tradutora e intérprete de Libras da Câmara de Vereadores, Susi Souza, o projeto é de suma importância, tanto para a comunidade surda, quando para os ouvintes. “Através da Libras como disciplina inserida nos currículos, se possibilitará a comunicação entre os surdos e os ouvintes.Esta é uma demanda que a comunidade surda clama há muito tempo”, enfatizou.

Susi também diz que se o projeto for entendido como viável e colocado em prática, será um avanço para a comunidade surda, especialmente para Santo Ângelo. “Realmente haverá uma interação e socialização entre surdos e ouvintes”, disse a intérprete de Libras.

Libras

A Língua Brasileira de Sinais (Libras), conforme a Lei nº 10436, de 24 de abril de 2002, é a forma de comunicação e expressão, em que o sistema linguístico de natureza visual-motora, com estrutura gramatical própria, constituem um sistema linguístico de transmissão de ideias e fatos, oriundos de comunidades de pessoas surdas do Brasil.

 

13 de fevereiro de 2020
O novo programa tem como objetivo aprimorar o gerenciamento de reciclagem e resíduos sólidos no município, que será feita pela organização para preservação ambiental, Ecos do Verde em Santo Ângelo.
12 de fevereiro de 2020
O coordenador das Agro Indústrias da Secretaria Municipal da Agricultura, Diomar Lino Formenton, foi recebido no gabinete da Câmara de Vereadores
31 de janeiro de 2020
Os representantes do bairro Rosa, de Santo Ângelo, reuniram-se no Gabinete do chefe do Executivo, Prefeito Jacques Barbosa juntamente, com o Presidente da Câmara de Vereadores, Pedro Waszkieswicz, na manhã desta sexta-feira (31).
31 de janeiro de 2020
O Presidente, Pedro Waszkiewicz, e o Vereador Vinícius Makvitz receberam o Coordenador da 10° FEAAGRI Missões, Daniel Casarim
29 de janeiro de 2020
Na manhã desta quarta-feira (29), fizeram-se presentes no gabinete do Presidente da Câmara de Vereadores, Pedro Waszkiewicz, os vereadores da 28° legislatura