Brasão

Câmara de Vereadores
de Santo Ângelo

Câmara de Vereadores de Santo Ângelo.

Sexta, 10 de maio de 2019

Pedido de Providência é enviado ao Executivo solicitando melhorias no interior

Preocupado em proporcionar mais a qualidade de vida aos moradores do interior de Santo Ângelo, o presidente da Câmara de Vereadores, Dionísio Faganello (DEM) encaminhou, nesta sexta-feira, 10, um Pedido de Providência ao Poder Executivo, com reivindicações dos produtores rurais.

O documento pede que o Governo Municipal considere, no orçamento para 2020, um aumento de 25% da verba destinada para a Secretaria dos Transportes e 15% para a Secretaria de Agricultura, de modo os recursos sejam suficientes para atender as necessidades da população do campo durante todo o ano.

O aumento da verba foi tema da conversa de Faganello com presidente do Sindicato Rural, Laurindo Nikititz, em encontro realizado durante a 19ª Fenamilho Internacional, quando o presidente do Legislativo recebeu reivindicações como a realização de encascalhamento nas principais vias de acesso às propriedades rurais, tanto nas gerais quanto nas vicinais, assim como reforma e construção de pontes e pontilhões de concreto, com mais durabilidade e segurança para os produtores rurais, já que no interior ainda existem pontes antigas de madeira.

De acordo com Faganello, sabedor das necessidades da população do campo, ele buscou discutir com os agricultores e com lideranças, como Nikitiz e com o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Daniel Casarin, as demandas e necessidades prioritárias.

O presidente da Câmara de Vereadores afirmou que vai trabalhar junto aos edis da Casa para atender os pedidos. “Entendemos a necessidade das solicitações feitas, e sabemos da importância que o nossos produtores rurais têm para o desenvolvimento do município de Santo Ângelo. Por isso vamos buscar melhorias e condições, para que possam desempenhar suas atividades com mais tranquilidade”, afirmou.

Faganello garantiu que o compromisso com os produtores rurais está firmado, e que o Legislativo não medirá esforços para mudar a situação das estradas do interior, de modo que, efetivamente, seja possível dar melhor condições de trabalho aos produtores rurais.