Brasão

Câmara de Vereadores
de Santo Ângelo

Câmara de Vereadores de Santo Ângelo.
Quinta-feira, 1 de outubro de 2015

Mesa Diretora apresenta Decreto que reduz em 50% o valor das diárias.

Foi protocolado na Câmara de Vereadores de Santo Ângelo Decreto que visa reduzir em 50% o valor das diárias concedias nos casos de deslocamento, para o desempenho de missão temporária e de caráter legislativo, dentro ou fora do Estado.

A iniciativa partiu da Mesa Diretora do Parlamento, que tem como Presidente o vereador Pedro Waszkiewicz - Pedrão (SDD). Conforme ele, a ação atende apelo da comunidade, a qual demonstrou contrariedade aos valores estipulados pela legislação vigente.

Pedrão reiterou, também, que a iniciativa faz parte de um projeto maior que tem como base o princípio da economicidade. “Cortamos funções gratificadas, abrimos novas licitações com a finalidade de diminuir gastos, como foi o caso do contrato referente ao serviço de conectividade, adotamos o turno único e, agora, estamos propondo a redução dos salários dos edis”, afirmou Pedrão.

No que diz respeito às diárias, o Chefe da Casa Legislativa explicou que a grande maioria das viagens são realizadas com o objetivo de sanar as demandas da comunidade. Além disso, o parlamentar lembrou os altos valores destinados a Santo Ângelo por meio de emendas parlamentares, articuladas por vereadores, que apresentaram projetos, reiteraram demandas e pressionaram seus pares a escolher o município para ser contemplado com os investimentos. 

“Só um vereador, com apenas uma emenda, conquistou para o Hospital Santo Ângelo R$ 2,5 milhões, fora todos os outros recursos que vieram através dos demais edis. Essa também é a função do vereador. Fala-se muito das viagens, mas não é levado em consideração o número de protestos e pedidos para que esta Casa entrasse em contato com o Estado e União para que, por exemplo, a ERS 344 fosse revitalizada, as obras do aeroporto fossem retomadas, o Festival Cidade das Tortas fosse realizado, o hospital recebesse os valores pendentes e assim por diante”, reiterou o edil.

De acordo com o Decreto que tramita na Casa Legislativa, para até 300 Km será destinado o valor de R$ 175, superior a 300 Km dentro do Estado, o valor será de R$ 284,50 e para fora do Estado a diária passará a ser de R$ 450.

Além da vice-presidente, vereadora Jacqueline Possebom e do Secretário da Mesa Diretora, vereador Lauri Juliani, o Presidente da Câmara buscou e busca a assinatura dos demais colegas vereadores. “Esperamos que as demais Câmaras, Prefeituras, assim como a Assembleia Legislativa e o Poder Judiciário sigam o exemplo e também reduzam os valores de suas diárias e gastos em geral”, finalizou Pedrão.

 

Redução de subsídio

Outra medida que poderá ser votada na Câmara de Vereadores de Santo Ângelo diz respeito ao subsídio pago aos edis. A iniciativa, também apresentada pelo Chefe do Legislativo Municipal, vereador Pedrão, estabelece o valor de R$ 1.500 para os vereadores da próxima legislatura (2017/2020). O projeto está disponível para toda a comunidade, que deverá manifestar-se, através de assinatura, sobre sua posição favorável a iniciativa. Para isso basta apresentar-se na Câmara de Vereadores com RG em mãos.

21 de março de 2017
Em sessão especial, vereadores chamam atenção para a importância da luta pelo bem-estar, igualdade de direitos e inclusão das pessoas de Down na sociedade. Homenagem atendeu solicitação dos vereadores Maurício Loureiro e Vinícius Makvitz.
21 de março de 2017
Primeira solenidade alusiva à data foi realizada pela Câmara de Vereadores, no Plenário Juarez Alves Lemos. Prefeito e parlamentares destacaram os desafios para o desenvolvimento econômico e social do município.
17 de março de 2017
Informação é do Presidente da Câmara, Adolar Queiroz, que durante audiência solicitou medidas de segurança no local
17 de março de 2017
Solenidade terá início às 19 horas. No mesmo dia, às 19h30min, também haverá sessão especial alusiva ao Dia Internacional da Pessoa com Síndrome de Down.
17 de março de 2017
Deputado Federal Covatti Filho fez a entrega do documento que garante a destinação de R$ 250 mil para edificação de um Centro Social. Investimento foi solicitado pelo vereador Márcio Antunes.