Brasão

Câmara de Vereadores
de Santo Ângelo

Câmara de Vereadores de Santo Ângelo.

Segunda, 14 de janeiro de 2019

Lorenzoni recebe convite e ouve pleitos de Santo Ângelo

Na incursão a capital do Estado para formalizar o convite às autoridades gaúchas para a 8ª Abertura Oficial da Colheita do Milho no Rio Grande do Sul que Santo Ângelo sediará no próximo dia 25 de janeiro, o prefeito em Exercício e presidente da 19ª FENAMILHO Internacional, Bruno Hesse, e o presidente da Câmara de Vereadores, Dionísio Faganello, estiveram em audiência com o secretário de Estado da Articulação e Apoio aos Municípios, Rodrigo Lorenzoni, que manifestou o desejo de participar do evento e articular a presença do governador do Estado Eduardo Leite. “Vamos reforçar junto ao governador a importância para a sua presença na abertura da colheita do milho como uma demonstração do Governo do Estado de apoio ao agronegócio”, assinalou o secretário.

Conforme Lorenzoni, Santo Ângelo será sua primeira incursão ao interior do Estado como secretário e faz parte da política de governo de conhecer a realidade dos municípios. Ele também disse que tem forte ligação com o setor primário, principalmente na pecuária, por ser médico veterinário, e reconheceu o agronegócio como o “motor” para o desenvolvimento do Rio Grande do Sul.
Na audiência com o secretário, o prefeito em Exercício reforçou a necessidade de firmar laços de ajuda mútua entre o Governo do Estado e o município de Santo Ângelo para projetos de desenvolvimento em diferentes áreas de gestão. Hesse solicitou ainda a articulação da secretaria junto à União para desburocratizar a liberação de recursos de emendas parlamentares que hoje, segundo argumentou, demora cerca de seis meses para que o município possa licitar as obras.

Rodrigo Lorenzoni, que é filho do Ministro-chefe da Casa Civil do Governo de Jair Bolsonaro, o deputado federal, Ônix Lorenzoni, garantiu que fará a articulação para agilizar a liberação dos valores aos municípios e que levará a pauta à FAMURS. “A Secretaria de Articulação e Apoio aos Municípios foi criada pelo governador Eduardo Leite justamente para isso. Receber as demandas e contribuir com os governos municipais. Temos como prioridade, o respeito às reivindicações dos municípios, o acolhimento, a transparência e respostas para os gestores. Entendemos que o Estado só será forte se tivermos municípios fortes”, afirmou o secretário.

O presidente da Câmara de Vereadores, Dionísio Faganello, do DEM, mesmo partido do secretário, salientou a importância da presença de Lorenzoni em Santo Ângelo, contribuindo para a articulação interna dos pleitos dos municípios missioneiros junto ao Governo do Estado.

Texto/fotos: Tarso Weber