Brasão

Câmara de Vereadores
de Santo Ângelo

Câmara de Vereadores de Santo Ângelo.

Terça, 12 de dezembro de 2017

Legislativo realiza sessão alusiva aos 25 anos do 1ºBCom na Capital Missioneira

No dia 16 de novembro, o 1º Batalhão de Comunicações (1ºBCom) completou 25 anos na Capital das Missões. Em comemoração à data, o Poder Legislativo de Santo Ângelo reuniu ontem (11) autoridades civis e militares em sessão especial no Plenário Juarez Alves Lemos.

Na ocasião, a trajetória do 1ºBCom rumo à Região das Missões foi lembrada tanto pelo vereador Rodrigo Trevisan, proponente da homenagem, como pelo Comandante do Batalhão, Coronel André Luiz dos Santos Franco.

Além de fatos que marcaram a história, o vereador e o comandante destacaram alguns dos serviços prestados e das diversas ações sociais desenvolvidas pelo 1º BCom junto à comunidade local e regional:

“Integrado e muito participativo na vida de nossa comunidade, o 1º Batalhão de Comunicações é responsável por diversas ações e serviços em áreas importantes como saúde, auxiliando no combate às endemias, educação e assistência social, representada pela atuação do Pelotão Curumim, segurança, através da operação Fronteira Sul, e na área cultural, pois mantém e disponibiliza um rico acervo da vida e obra do patrono das Comunicações, Marechal Cândido Mariano da Silva Rondon”, destacou Trevisan.

Além dos pronunciamentos, o ato contou com a participação especial da Banda de Música do Batalhão, responsável pelo desenvolvimento de atividades lúdicas em consonância com as Ações Cívico-Sociais desencadeadas pelo Batalhão em parcerias com instituições públicas civis e militares.

PRESENÇAS

Juntamente com o Presidente da Casa Legislativa, Adolar Queiroz, vice-presidente, Vando Nolasco e Secretário da Mesa Diretora, Vinícius Makvitz, estiveram compondo a mesa de honra o senhor João Baptista, Secretário de Indústria e Comércio, que no ato esteve representando o Poder Executivo de Santo Ângelo,  assim como o Comandante do 1º BCom, Coronel André Luiz dos Santos Franco. Também foram convidados a compor a mesa das autoridades o Subcomandante Sidnei Andrade, Adjunto de Comando do 1º BCom, o senhor Valdir Andres, Prefeito de Santo Ângelo quando o BCom chegou na Capital das Missões e o senhor Odorico Bessa, Presidente da Câmara de Vereadores de Santo Ângelo na chegada do Batalhão à região missioneira e atual Provedor do Hospital Santo Ângelo.

 

1º BATALHÃO DE COMUNICAÇÕES -  “Batalhão General Mário da Silva Miranda”

O 1º Batalhão de Comunicações é originário da Companhia Escola de Transmissões, criada no Rio de Janeiro, pelo Decreto-Lei nº 7.888, de 21 de agosto de 1945, recebendo militares oriundos das unidades da Força Expedicionária Brasileira (FEB).

Evolutivamente, pelo Decreto nº 57.566, de 31 de dezembro de 1965, a Companhia Escola de Transmissões foi transformada no 1º Batalhão de Comunicações Divisionário (1º B Com Div), ainda na cidade do Rio de Janeiro-RJ.

A constante evolução da estrutura da Força Terrestre fez com que algumas unidades militares fossem deslocadas para a região amazônica, entre elas o Comando da 16ª Brigada de Infantaria Motorizada e o 61º Batalhão de Infantaria Motorizado, sediados na cidade de Santo Ângelo-RS. Com isso, definiu-se que o 1º B Com Div passaria a ocupar as instalações deixadas na “Capital das Missões”, subordinando-se diretamente à 3ª Divisão de Exército (Divisão Encouraçada), localizada na cidade de Santa Maria.

O primeiro comboio do 1º B Com Div deixou a “Cidade Maravilhosa” em 10 de novembro de 1992, chegando às paragens missioneiras em 16 de novembro de 1992. A mudança de sede do 1º B Com Div foi, oficialmente, concluída no dia 1º de fevereiro de 1993.

No dia 13 de outubro de 2000, a Portaria do Comandante do Exército  nº 562, concedeu, ao Batalhão, a denominação histórica de “BATALHÃO GENERAL MÁRIO DA SILVA MIRANDA”. O então capitão Mário da Silva Miranda foi o Comandante das Transmissões na FEB. Também foi o primeiro Comandante da Companhia Escola de Transmissões, origem do 1º B Com.

Com objetivo de tornar os Batalhões de Comunicações Divisionário aptos a prestarem o apoio de comunicações a qualquer Grande Comando Operacional, os B Com Div tornaram-se Batalhões de Comunicações. Assim, pela Portaria do Comandante do Exército  nº 361, de 9 JUL 03, o 1º B Com Div foi transformado em 1º Batalhão de Comunicações (1º B Com).

Após um histórico de formação de oficias da reserva de cavalaria e infantaria, o Núcleo de Preparação de Oficiais da Reserva (NPOR) foi recriado, em 1995, para atender a arma de comunicações na “Capital das Missões”.

A subordinação à 3ª DE, Grande Comando Operacional, que reúne a maioria dos meios mecanizados/blindados do Exército e de grande vocação para o combate convencional, indicou que o 1º B Com fosse escolhido para receber o moderno Sistema de Comunicações de Área, que ficou conhecido como Sistema Tático de Comunicações (SISTAC). O material, fabricado na Itália, começou a chegar em 1997 e encerrou a primeira geração (analógica), no ano de 1999.

Em 2010, a transformação do Hospital da Guarnição de Santo Ângelo (H Gu SA) em Posto Médico, vinculou o bem-estar e assistência médica-ambulatorial da família militar em terras missioneiras ao 1º B Com.

Em 2013, o SISTAC foi modernizado, com tecnologia digital, tornando as comunicações da 3ª DE mais seguras, flexíveis e dinâmicas, aptas para o apoio em Defesa Externa e em Garantia da Lei e da Ordem.

Em 2017, foi criado o Posto de Recrutamento e Mobilização, diretamente vinculado ao 1º B Com. Com essa vinculação, o 1º B Com absorveu os trabalhos atinentes ao Serviço Militar e Mobilização de mais de 160 municípios do Norte e Noroeste do Rio Grande do Sul.

12 de dezembro de 2018
12 de dezembro de 2018
Com a Câmara de Vereadores lotada por amigos e familiares, o homenageado recebeu a honraria na última segunda-feira, 10
11 de dezembro de 2018
A aprovação era necessária para que sejam executadas obras de expansão da rede de esgoto, obras que asseguram o abastecimento de água, ampliação de reservatórios e expansão de rede.