Terça, 21 de julho de 2015
Legislativo Municipal preocupado com a retirada repentina de máquinas e equipamentos que dariam início a retomada das obras do aeroporto regional

Diante da informação de que máquinas da empresa Cotrel, responsável pelas obras do aeroporto Regional de Santo Ângelo, teriam sido novamente retiradas do local, o Presidente da Casa Legislativa, Pedro Waszkiewicz (SDD) e o vereador Osvaldir Ribeiro de Souza (PMDB) estiveram, in loco, verificando a veracidade das informações.

Na tarde desta segunda-feira, dia 20, os edis estiveram no aeroporto regional e constataram a ausências das máquinas da empreiteira, que deveria estar com tudo pronto para o reinicio dos trabalhos assim que a chuva cessasse.

De acordo com os parlamentares, a preocupação principal está ligada aos atrasos e prejuízos já causados devido aos problemas com a empresa, que não cumpriu prazos e obrigações estabelecidas em contrato. Outro ponto destacado pelos vereadores diz respeito ao programa do Governo Federal que prevê investimentos de R$ 7,2 bilhões, na ampliação e operação de 270 aeroportos no Brasil, sendo 15 deles no Rio Grande do Sul, onde serão gastos cerca de R$ 300 milhões. A Capital das Missões é um dos 15 municípios gaúchos contemplados a receber os investimentos.

“Fomos surpreendidos pela retirada repentina das máquinas que reiniciariam as obras no aeroporto regional de Santo Ângelo. Nossa preocupação é que os serviços não tenham início como foi anunciado. Não podemos permitir mais atrasos e prejuízos, ” reiterou o Presidente do Legislativo Municipal. 

OUTRAS NOTÍCIAS
25 de maio de 2022
Legislativo aprova abertura de Crédito Especial de mais de 3,6 milhões de reais para a área da Saúde
24 de maio de 2022
Presidente do Legislativo participa de importantes reuniões na Casa Civil em Porto Alegre
24 de maio de 2022
Colégio Onofre Pires completa 98 anos de trabalho para a comunidade de Santo Ângelo
23 de maio de 2022
Em visita ao Legislativo, a Comissão das Margaridas convida para a tradicional Festa Junina
20 de maio de 2022
Prefeito Municipal sanciona Projeto de Lei que flexibiliza pagamento de dívidas tributárias