Brasão

Câmara de Vereadores
de Santo Ângelo

Câmara de Vereadores de Santo Ângelo.
Quinta, 23 de fevereiro de 2017

Futuro da CESA será tema de audiência no Legislativo de Santo Ângelo.

A possibilidade de venda da unidade local da Companhia Estadual de Silos e Armazéns (Cesa) tem gerado grande preocupação por parte dos legisladores municipais. Nesse sentido, a Câmara de Vereadores, atendendo solicitação do vereador Paulo Sérgio Santos e Silva – Paulão, pretende mobilizar a comunidade para sensibilizar o governo estadual.

O assunto será pauta de audiência pública. Representantes de sindicatos, lideranças políticas, empresários locais, secretários municipais e demais autoridades ligadas ao assunto serão convidadas a participar.  Na ocasião, devem ser pautadas todas as vantagens trazidas pela CESA para a região.  Os prováveis prejuízos gerados caso seja confirmada a venda ou o fechamento da unidade também irão compor um ofício,  que será endereçado aos Chefes do Estado.

Conforme explicou o vereador Paulão, a intenção é unir forças para que a unidade permaneça ativa e com caráter público.  “A Companhia tem um papel muito importante para a economia local e regional, tanto para agricultura familiar, quanto para a agricultura empresarial. Ela é uma opção importante de armazenagem de grãos e produtos agrícolas de produtores e empresas do ramo”, destacou o edil.

Na Câmara de Vereadores, o pedido pela realização da audiência pública foi aprovado por unanimidade. A data para a reunião deverá ser agendada e divulgada nos próximos dias. 

15 de setembro de 2017
A reunião, solicitada pelo vereador Vinícius Makvitz, acontece na próxima terça-feira, dia 19, às 15 horas, na sede da Câmara de Vereadores.
14 de setembro de 2017
Conforme informou o Presidente da Câmara, a reunião teve como objetivo renegociar convênios, conquistar novos incentivos financeiros e, ainda, buscar apoio para incrementar serviços junto ao Hospital.
13 de setembro de 2017
Loureiro questiona quais obrigações que o contrato em vigência estabelece para a concessionária e se há previsão de ampliação das linhas junto aos bairros do município