Sexta, 05 de julho de 2013

Está prevista para a próxima semana, a primeira reunião da Comissão Parlamentar de Inquérito – CPI, que tem a finalidade averiguar as ações realizadas pela ONG “Políticas Públicas - Outro Mundo é Possível”, com sede em Santo Ângelo.

O documento protocolado junto a Casa Legislativa explica que a iniciativa teve por base informações provindas de munícipes acerca de possíveis irregularidades e imoralidades ocorridas em meio às atividades da referida organização não governamental.

A portaria que nomeia os membros da comissão foi protocolada na última segunda-feira, dia 1º. A mesma será composta pelos vereadores Arlindo Diel (DEM), Diomar Formenton (PT), Osvaldir Ribeiro de Souza (PMDB) e Pedro Waskiewicz (PDT).

Para o vereador Pedro Waszkiewicz, a implantação da CPI é legitima, pois segundo o edil, “informações dão conta de que a referida ONG recebe recursos públicos de nível Federal, mas não fazem a prestação de contas, e ninguém vê a efetivação de projetos”. Conforme Pedrão, “a CPI tem por finalidade esclarecer os fatos e, no caso de haver a confirmação de desvio dos recursos públicos, punir os responsáveis”, afirmou. 

OUTRAS NOTÍCIAS
27 de setembro de 2022
FEAAGRI Missões divulga relatório de beneficiados pelo subsídio de estandes
15 de setembro de 2022
Projeto de Lei regulamenta Previdência Complementar em Santo Ângelo
14 de setembro de 2022
Solenidade marca o início do mutirão de atendimento da Defensoria Pública
13 de setembro de 2022
Você sabia que existe um espaço junto a Câmara de Vereadores para atendimento aos assuntos relacionados a violência contra a mulher?
11 de setembro de 2022
Projeto de Lei permite aos açougues e similares a manipulação de carnes em Santo Ângelo