Brasão

Câmara de Vereadores
de Santo Ângelo

Câmara de Vereadores de Santo Ângelo.

Terça, 12 de novembro de 2019

Colégio Missões pede apoio do Poder Legislativo

Vereadores da Casa Legislativa santo-angelense reuniram-se, na manhã desta terça-feira, 12, com representantes do Colégio Estadual Missões, para tratar de medidas em defesa da Educação.

Na oportunidade o Chefe do Poder Legislativo, Maurício Loureiro (PDT), o vice-presidente Vinícius Makvitz (MDB), e os vereadores Vando Nolasco (PDT), Felippe Terra Grass (PDT), Valdonei da Luz (PDT) e Paulão (Progressistas), receberam a diretora do colégio Solange Ritter, a vice-diretora Magda Fernandes, e o presidente do Conselho Escolar, Luiz Egino Tolazzi.

A reunião foi marcada no noite dessa segunda-feira, 11, após a manifestação da diretora Solange e de Tolazzi no espaço das entidades na Sessão Ordinária. Foi pontuado durante o pronunciamento dos representantes do educandário, a informação recebida de que o Governo do Estado pretende deixar em turno único a atividade do Colégio.

Já no encontro desta terça-feira, Solange, Magda e Tolazzi afirmaram aos vereadores que informalmente foram avisados pela Coordenadoria Regional de Educação (CRE), de que as atividades do Colégio não serão transformadas em turno único, porém os educadores aguardam a informação oficializada. Amanhã ocorrerá uma reunião com a coordenadora da CRE para tratar do assunto.

O presidente da Câmara de Vereadores afirmou que quando o assunto é educação, há união entre os parlamentares, e que haverá mobilização necessária para colaborar com o educandário. “Entendemos que o governo do Estado afirmou que faria mudanças, mas elas precisam ser discutidas com a comunidade escolar. Estaremos engajados nesta causa e se necessário buscaremos respostas em Porto Alegre, com os responsáveis por esta determinação”, enfatizou Loureiro.

 

Ações

Com o anúncio da medida de manter o educandário em turno único, os edis da Casa Legislativa se prontificaram em defender a educação, e intermediar, junto aos seus deputados e à CRE, para que a mudança não ocorra.

Ao final dos trabalhos, o vereador Felippe Terra Grass apresentou um requerimento para ser enviado à CRE e à Secretaria do Estado, questionando qual o estudo de viabilidade para realizar o turno único ,e qual a discussão feita com a comunidade escolar para adotar tal medida.

 

 

19 de janeiro de 2021
Prefeito Jacques Barbosa, secretários municipais e contadores dialogaram com os vereadores Nader Hawad (presidente), Carlos Gonçalves (vice-presidente), Marcos André (secretário), Vando Ribeiro, Rodrigo Flores, e Nivaldo Langer de Moura (NÊNE)