Brasão

Câmara de Vereadores
de Santo Ângelo

Câmara de Vereadores de Santo Ângelo.
Sexta, 01 de setembro de 2017

Audiência no Legislativo de Santo Ângelo debate casos de abigeato e ações de combate ao crime

Diante das dificuldades e prejuízos relatados por produtores rurais, a Câmara de Vereadores de Santo Ângelo promoveu na tarde da última quinta-feira, 31, audiência pública com o objetivo de definir medidas que venham a estancar casos de abigeato no município e região.

Na ocasião, os trabalhos foram conduzidos pelo vereador Lucas Lima, autor do requerimento que originou a referida reunião. Os vereadores Rodrigo Trevisan, Paulo Sérgio e Silva (Paulão), Ademir Queiroz, Valdonei da Luz e Getulio Zborowski também estiveram colaborando com o debate, que contou com a participação de representantes da Vigilância Sanitária, 12ª Coordenadoria Regional de Saúde, produtores e integrantes do Sindicato dos Trabalhadores Rurais e Sindicato Rural. 

FORTALECIMENTO DA FISCALIZAÇÃO

A necessidade de fortalecer a fiscalização em estabelecimentos comerciais foi um dos pontos mais destacados durante a reunião. A ideia é que, ao intensificar as ações fiscalizatórias, seja possível diminuir, drasticamente, o número de receptores dos produtos provenientes do abigeato.

REFORÇO NO POLICIAMENTO

Maneiras de reformar o policiamento nas áreas rurais foram, igualmente, debatidas. Durante os relatos, também teve ênfase os casos de invasões, furtos de modo geral e, ainda, para as limitações da legislação vigente. A grande reclamação dos agropecuaristas é que os suspeitos, na maioria dos casos, não são mantidos reclusos por muito tempo. “O Estado analisa os números. Muitos dos produtores lesados já estão tão desacreditados que não registram o furto, o que também dificulta a conquista de investimentos que auxiliem no combate ao crime”, explicou Cláudio Duarte, Presidente do Sindicato Rural.

VIATURAS PARA PATRULHAMENTO NA ZONA RURAL

Duarte aproveitou a ocasião para também falar dos recursos que estão sendo pleiteados para a aquisição de viaturas destinadas ao patrulhamento na zona rural. Além disso, o Presidente do Sindicato solicitou apoio dos vereadores para que o município seja contemplado com armamento e equipamentos de segurança no sentido de colaborar com o trabalho da polícia.

Para os próximos dias, uma nova audiência deverá ser agendada com a promotoria e judiciário a fim de solicitar providências e elaborar um plano articulado entre todos os setores responsáveis. Conforme explicou o vereador Lucas Lima, dentre os encaminhamentos, são destaques: a urgência de maior efetivo da Polícia Civil e Brigada Militar, investimentos em comunicações no meio rural e incremento na infraestrutura logística para enfrentar os criminosos. “O objetivo, agora, será maximizar recursos em vista de estagnar o número de casos registrados no município”, explicou Lima. 

 

18 de outubro de 2017
Para o edil, um curso de formação na cidade faz com que os policiais fiquem na região, colaborando para o aumento do efetivo, movimento da economia e redução da criminalidade
18 de outubro de 2017
Presidente da Câmara articulou reunião com o Prefeito Jacques Barbosa e representantes da Comunidade Três Mártires.
17 de outubro de 2017
Encontro foi solicitado pelos vereadores Vinícius Makvitz e Rodrigo Trevisan.