Sexta, 06 de março de 2020

AFESA reforça apoio da Câmara de Vereadores

A Casa do Poder Legislativo, recebeu os representantes da AFESA (Associação de Feirantes de Santo Ângelo), Oscar Diniz Neto, e Ana Paula de Moura. 

Durante o encontro, os representantes reforçaram o pedido para os feirantes da zona norte da cidade, em encontrar um terreno para a criação de um pavilhão fechado, com rede elétrica e instalações adequadas. A AFESA afirma, que é importante a criação desse ambiente na zona norte. São mais pontos de vendas, e não é dividir e sim somar, afirma a presidente da associação, Ana Paula de Moura. 

A urgência dos feirantes, é de um espaço adequado com refrigeração para os produtos, principalmente os de origem animal, como salames e frangos. É de extrema importância, que esses produtos sejam comercializados com qualidade e com os devidos cuidados, dentro dos padrões exigidos pela vigilância sanitária.

 “A Prefeitura e a Câmara de vereadores estão nos dando todo apoio possível, sempre nos ajudam quando precisamos. Agora estamos na luta para conseguirmos o terreno para construir uma sede definitiva”,  afirma, Oscar.

 A Associação conta com 10 associados, que representam 11 Agroindústrias. Atualmente os feirantes se encontram na rua Marechal Floriano, no prédio do antigo mercado São Luiz, espaço cedido pela prefeitura municipal de Santo Ângelo, como local provisório. O horário da feira da zona norte é de segunda a sexta das 08:00 às 18 horas e aos sábados das 07:00 da manhã às 13 horas. 

 A Câmara de Vereadores presta apoio aos representantes e feirantes da AFESA e contará com o auxílio para encontrar um terreno para construção do pavilhão, futura sede da feira de hortifrúti, produtos artesanais e animal da zona norte de Santo Ângelo.

 

OUTRAS NOTÍCIAS
12 de maio de 2021
Protocolado pelo vereador Vando Ribeiro de Souza, o Projeto de Decreto Legislativo que visa conceder o título de cidadão honorário do município de Santo Ângelo ao senhor Odorico Bessa Almeida, foi aprovado por unanimidade na Sessão Ordinária da Câmara de
11 de maio de 2021
PL teve a maioria dos votos dos edis e reduz em 50% a cobrança
11 de maio de 2021
Também foram apreciados requerimentos, um pedido de informação e uma moção